Câmara homenageia Érico Desterro com Medalha de Ouro Cidade de Manaus     

Câmara homenageia Érico Desterro com Medalha de Ouro Cidade de Manaus     

A Câmara Municipal de Manaus (CMM) homenageou, nesta quinta-feira (24), o conselheiro e ouvidor do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Érico  Desterro e Silva, com a Medalha de Ouro Cidade de Manaus. A homenagem, de autoria do vereador Gilmar Nascimento (PSD), foi aprovada por todos os vereadores da 17ª Legislatura da CMM e contou com a participação de autoridades locais, servidores do TCE, amigos e familiares.

Entre as autoridades, o presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Flávio Pascarelli, o vereador Dallas Filho (MDB), que representou o Governo do Estado, a procuradora de Justiça e ouvidora geral em exercício, Suzete Maria dos Santos, o presidente em exercício do TCE, Júlio Cabral, o defensor público geral, Rafael Vinheiro Monteiro, o conselheiro do TCE, Josué Claudio de Souza Filho, o diretor da faculdade de Direito da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Carlos Alberto Moraes Ramos Filho e o comandante do 4º Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo, Nilo Sérgio Machado de Azevedo, além do vereador Chico Preto (PMN).

A vida do homenageado, dedicada ao Tribunal de Contas e ao magistério, como professor de Direito Administrativo no Ciesa, Ufam e Escola da Magistratura, também foi registrada pelo autor da homenagem em seu discurso de saudação. “Homenagear Érico Desterro é prestar uma homenagem a esse órgão importante que trabalha com o controle externo, orientando, fazendo com que os princípios da administração pública sejam concretizados e que o Amazonas cresça”, disse Gilmar Nascimento.

“Desterro tem uma história reconhecida, não só no Tribunal de Contas, mas como professor do Ciesa, da Ufam e na Escola Superior da Magistratura. Então, ele preenche todos os requesitos para receber a homenagem. Hoje é um dia de colheita para ele. É importante para a Câmara fazer a entrega da Medalha de Ouro para uma pessoa que passa a fazer parte da história da Câmara, da cidade de Manaus e do Estado do Amazonas. Sinto-me feliz em homenageá-lo ao mesmo tempo em que essa homenagem lastreia por todo o TCE”, destacou o vereador.

Gilmar Nascimento ressaltou, ainda, o fato de a Câmara homenagear uma pessoa que tem zelo pelo seu trabalho, que é exemplo de servidor público e, dentro de sua responsabilidade social, contribuir com outras áreas, como professor do magistério.

O vereador Dallas Filho ressaltou que o conselheiro deixou sua marca profissional de forma humilde e sábia por onde passou. “Sua administração, frente ao TCE, foi muito respeitada e elogiada. E hoje é vice-presidente do Instituto Rui Barbosa, órgão de inteligência dos Tribunais de Contas de todo o Brasil”, lembrou.

O conselheiro do TCE, Josué Filho afirmou que a homenagem tinha muito significado para o Tribunal e que disse que se sentia compartilhado. “Essa iniciativa de Gilmar Nascimento renasce em nossos corações”, afirmou.

O homenageado – Érico Desterro se emocionou também ao lembrar da família, principalmente de seus pais Yomar Desterro e Silva e Maria Isabel Desterro, todos de Manaus. “Agradeço muito a homenagem. Dos meus 54 anos, mais de 50 anos passei em Manaus. Aqui tenho representadas todas as etapas de minha vida”, disse ele, destacando sua história no magistério. “Gosto muito do magistério e vejo meus alunos, meus ex-alunos. Uma coisa que me encanta é ver que um ex-aluno me superou em vários aspectos, de ser um vitorioso em sua vida”, disse.

O homenageado também cumprimentou os servidores do TCE, onde está há 33 anos. “Essas pessoas me emocionam verdadeiramente. Essa medalha, outorgada, é por conta das atividades que exerci. E isso não seria possível se eu não tivesse colaboração de inúmeras pessoas, amigos do Tribunal de Contas”, assegurou.

Quando destacou a importância de sua família, falou da ligação dela com Manaus, por 167 anos. “A minha família agradeço tudo o que sou. Tudo a agradecer o que temos, deve-se à família”, afirmou olhando para sua mulher filha presentes no plenário, a quem dedicou os versos da música cantada por Ivete Sangalo, “se eu não te amasse tanto assim”.

Érico Desterro também demonstrou sua gratidão à Câmara pela homenagem. “Estou muito feliz, apesar da emoção, pela Câmara me proporcionar a viver com essa medalha. Citarei com orgulho que tenho essa homenagem da Câmara Municipal de Manaus”, garantiu.

 

Texto: Nely Pedroso – Dircom/CMM

Compartilhar