Comitê de Combate à Corrupção e Caixa Dois para a Eleição 2018 será lançado em junho

Comitê de Combate à Corrupção e Caixa Dois para a Eleição 2018 será lançado em junho

Com a finalidade de conscientizar o eleitor sobre a importância do voto, atuar no processo de fiscalização do certame eleitoral e buscar compromisso dos candidatos com a ética na política, representantes de entidades da sociedade civil e movimentos sociais no Amazonas anunciaram, para o próximo dia 07 de junho, às 09h, a data de lançamento do Comitê de Combate à Corrupção e ao Caixa Dois para as eleições 2018. O anúncio ocorreu após reunião com o arcebispo de Manaus, Dom Sérgio Castriani, na residência do Arcebispado de Manaus, na rua Joaquim Nabuco, 1035, centro histórico.

Em ano em que se mantém a crise política com vinculação direta ao quadro de 13 milhões de desempregados e 14 milhões de pessoas vivendo na extrema pobreza no país, com reflexos diretos na economia brasileira, além dos escândalos de corrupção que atingem os partidos e os membros dos Poderes da República, pessoas e entidades resolveram mais uma vez colaborar com o processo eleitoral, que culmina com a realização das eleições gerais marcadas para outubro.

A Comissão Pré-Comitê considera que a lisura do processo eleitoral deve ser compromisso de todos envolvidos nestas eleições, principalmente do eleitor, que não deve abrir mão de seu direito ao voto, consciente de que o mesmo deve ser realizado com base a programas e candidatos éticos comprometidos com as mudanças necessárias para saída da crise instalada.

No momento de avaliações do quadro de conjuntura política e econômica, foi lembrada a mensagem da 56ª Assembleia Geral da CNBB ao povo brasileiro, a qual destacou em documento, o compromisso e a esperança nestas eleições de 2018. Afirma em parte do documento: “ . . . neste ano eleitoral, o Brasil vive um momento complexo, alimentado por uma aguda crise que abala fortemente suas estruturas democráticas e compromete a construção do bem comum, razão da verdadeira política. A atual situação do País exige discernimento e compromisso de todos os cidadãos e das instituições e organizações responsáveis pela justiça e pela construção do bem comum“.

Entidades participantes do Comitê

Ordem dos Advogados do Brasil, seção Amazonas; Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj); Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB (Norte1), Conselho Regional de Administração (CRA/AM), Conselho Regional de Contabilidade (CRC/AM), Conselho Regional de Economia (Corecon), Sindicato dos Fazendários do Amazonas, Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral – MCCE, movimento Fé e Cidadania e outras.

Compartilhar