Comunidade ribeirinha recebe o programa Empreendedorismo nas Escolas

Comunidade ribeirinha recebe o programa Empreendedorismo nas Escolas

O programa Empreendedorismo nas Escolas, promovido pela Prefeitura de Manaus, por meio das secretarias municipais do Trabalho, Emprego e Desenvolvimento (Semtrad) e da Educação (Semed), chegou esta semana a uma comunidade ribeirinha: Nossa Senhora de Fátima, margem esquerda do rio Negro, na Escola José Sobreira do Nascimento.

Atendendo alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, a escola ficou movimentada na manhã da última quarta-feira, 6/6, com a expectativa dos alunos. Turmas do 7º, 8º e 9º ano foram mobilizadas e compareceram em peso para o curso.

Assim que ficou sabendo das aulas especiais, a aluna do 9º ano, Hillary Martins, ficou animada com a chegada do curso à escola. “Quando nossa diretora avisou que teríamos esse curso aqui, fui correndo pedir permissão aos meus pais para participar. Eu já tinha uma noção do que era o empreendedorismo e, nessas aulas, eu vi a oportunidade de conhecer mais sobre esse mundo e poder colocar meus doces à venda”, ressaltou, ela que em alguns dias já vende brigadeiro.

Segundo a gestora da escola, Maria Ozenilda, o programa Empreendedorismo é uma grande oportunidade para os alunos. “Eu costumo falar que a escola é o shopping dessas crianças. Como aqui é longe e complicado de chegar, temos poucas possibilidades. Então, quando um projeto desse porte chega até nós, os alunos aproveitam ao máximo porque sabem o quanto isso é importante para eles”, relatou a gestora.

Método de ensino – A metodologia de ensino é de fácil assimilação. A partir de dinâmicas, jogos e situações do cotidiano, os alunos são introduzidos ao universo do empreendedorismo da forma mais natural possível. O instrutor do Sebrae, Cristorffer Guimarães, ressalta a importância de tornar as aulas prazerosas para os alunos. “Eles precisam se sentir bem, inclusos dentro das aulas. Nós fazemos de tudo para transmitir o conhecimento através do que eles vivenciam”, disse ele.

Pedro Viana, aluno do 8º ano, aprovou a didática utilizada pelo instrutor. “O professor trouxe para dentro das aulas, exemplos do nosso cotidiano e isso facilitou o nosso entendimento sobre o curso. Ficou mais fácil e mais divertido de participar”, afirmou o aluno.

Sobre o programa – Lançado no final do ano passado, dentro do Programa Manaus Mais Empreendedora, o programa ‘Empreendedorismo nas Escolas’ tem o objetivo de ensinar aos estudantes as metodologias de como ser um empreendedor. A empresa que ganhou a licitação para os treinamentos foi o Sebrae-AM, que levará sua metodologia para aproximadamente 2 mil crianças, em um primeiro momento.

A secretária da Semtrad, Ananda Carvalho, considera o programa como um divisor de águas ao falar de políticas públicas. “É um programa inédito e inovador que certamente fortalecerá a cultura empreendedora para as novas gerações, trazendo um cenário cada vez mais promissor para o ecossistema de inovação, gerando novos negócios, empregos e mais renda, como idealizou o prefeito Arthur Virgílio Neto”, ressaltou Ananda.

A secretária da Semed, Kátia Schweickardt, destacou que é cada vez mais importante desenvolver nas crianças e adolescentes habilidades para que saibam organizar a vida deles desde cedo e os ensinar a prospectar o futuro a partir de iniciativas que estimulem o uso da criatividade e que fomente neles um perfil mais empreendedor. Segundo ela, com o “Empreendedorismo nas Escolas” chegando à zona Rural de Manaus possibilitará melhorias para toda comunidade.

“Estamos trabalhando essa nova mentalidade na parceria com a Semtrad, por meio desse programa, e a grande novidade é que agora ele chega também a nossa zona Rural de Manaus, onde os adolescentes e as famílias já são envolvidas como uma série de atividades para incrementar a renda familiar a partir do seu modo de vida, como pela agricultura, pesca e comércio.  Se podemos levar para eles a possibilidade de organizar esse pequeno comércio e fomentar entre eles uma nova perspectiva empreendedora, sem dúvida nenhuma estamos levando melhoria da qualidade de vida para essas comunidades”.

Texto: Wesley Paiva/Semtrad

Foto: Wesley Paiva/Semtrad

Compartilhar