Prefeitura realiza 1ª Oficina de Sensibilização sobre Primeira Infância e Refúgio 

Prefeitura realiza 1ª Oficina de Sensibilização sobre Primeira Infância e Refúgio 

Na próxima quarta-feira, 13/6, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), irá promover a 1ª Oficina de Sensibilização sobre a Primeira Infância e Refúgio em Manaus, das 8h às 12h, no auditório da Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas), na avenida Darcy Vargas, Chapada, zona Centro-Sul. O evento, organizado pelos Núcleos de Saúde dos Grupos Especiais (Nusge) e de Saúde da Criança e do Adolescente (Rede Cegonha) do Departamento de Atenção Primária (DAP), da Semsa, tem por objetivo garantir a atenção e o cuidado em saúde aos imigrantes.

A Oficina é voltada aos gestores e trabalhadores de áreas consideradas estratégicas na gestão da rede municipal, incluindo a saúde, educação, direitos humanos, assistência social, cidadania, esporte, cultura e lazer, e tem o foco direcionado às crianças em situação de refúgio, por serem elas as mais atingidas pelos fenômenos socioeconômicos e políticos.

O fenômeno da imigração ao Brasil não é novo, contudo tem se acentuado nas últimas décadas, como a chegada de imigrantes do Haiti e da Venezuela, aos estados da região Norte como o Amazonas e, em especial, à capital Manaus.

O evento pretende, ainda, discutir e fortalecer a articulação em rede por parte das diversas instituições no sentido de defender e resguardar os direitos fundamentais das crianças à luz do Direito Internacional, da Convenção sobre os Direitos da Criança e da legislação brasileira. A coordenação do curso considera que, nos últimos anos, o número de crianças em busca de refúgio cresceu significativamente em diversas regiões do planeta, inclusive no Brasil e, por conseguinte, na capital amazonense.

“A situação atual das imigrações ao município de Manaus aponta para urgente e necessária proposição, efetivação e articulação das ações em saúde, assistência social, direitos humanos, educação, esporte e lazer, dentre outras”, aponta o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi.

A sensibilização de gestores e trabalhadores integra o rol de ações que vêm sendo desenvolvidas ao longo do ano pela Semsa. O evento conta com a parceria do Fundo das Nações Unidas para a Infância/Comitê Gestor do Plano Municipal da Primeira Infância (Unicef), Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), United Way, Secretaria de Estado da Saúde (Susam) e outras instituições municipais e estaduais.

Texto: Wilson Reis/Semsa

Foto: Divulgação / Semsa

Compartilhar