Que tal conhecer Parintins a bordo de um triciclo?

Que tal conhecer Parintins a bordo de um triciclo?

Parintins tem muitas peculiaridades que só indo ao município para presenciá-las. Uma delas é o tradicional passeio de triciclo (uma bicicleta adaptada para transportar carga) que, com o passar dos anos, passou a ser transporte de passageiros e uma atração bastante disputada pelos turistas que visitam a “Ilha da Magia”, também conhecida como “Ilha Tupinambarana”, antes, durante e depois do Festival Folclórico, que neste ano chegou a sua 53ª edição.

Historicamente, o município sempre teve um transporte diferenciado. Um exemplo disso eram os “carroceiros”, que raramente hoje o turista e o próprio morador da Ilha veem transitando pelas ruas da cidade. Após os “carroceiros”, chegaram os mototaxistas, mas que não deram muito certo.

Percurso – Hoje, o passeio a bordo de um triciclo é organizado pela Associação dos Tricicleiros Turísticos do Porto de Parintins e dura em média uma hora e trinta minutos. Pontos turísticos como os currais e galpões de alegorias dos bumbás Caprichoso e Garantido, Praça da Liberdade e Bumbódromo são alguns dos lugares por onde o turista vai passar.

De acordo com o presidente da Associação dos Tricicleiros, Rafael Gonçalves, o passeio custa em média R$ 50. “É uma oportunidade única e diferenciada de conhecer a ilha, além de ser seguro. Os pontos de partidas para este passeio são o porto do Município e a Praça da Catedral de Nossa Senhora do Carmo”, informou Rafael.

Ação – E sabendo da importância deste segmento para o desenvolvimento da atividade turística no município, a Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), realizou um Workshop em Excelência no Atendimento do Turismo, do qual participaram cerca de 100 tricicleiros.

Além dessa ação, os tricicleiros terão uma padronização, com uniformes (camisa, boné e bermuda), no sentido de identificá-los, passando ainda mais segurança para as pessoas que buscarão este serviço.

Foto: DIVULGAÇÃO/PITTER FREITAS

Compartilhar