Feirão do Pescado Especial Semana Santa será realizado em quatro endereços

Feirão do Pescado Especial Semana Santa será realizado em quatro endereços

Neste ano, o Feirão do Pescado, promovido pela Secretaria de Estado de Produção Rural e Sustentabilidade (Sepror), será realizado em quatro endereços: no Centro Social Urbano (CSU) do bairro Parque 10, zona centro-sul; na alameda do Samba, bairro Alvorada, zona centro-oeste; no Centro de Convivência Padre Pedro Vignola, bairro Cidade Nova, zona norte; e no estacionamento da sede do Sebrae, unidade Aleixo, zona centro-sul.

A definição dos locais e das datas aconteceu na manhã desta quarta-feira (13/03), durante a primeira reunião do Sistema Sepror com os participantes do Feirão do Pescado para definir a programação do evento, que será realizado entre os dias 16 e 19 de abril. O encontro ocorreu no auditório da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf).

O evento atrai centenas de visitantes todos os anos em Manaus e movimenta mais de R$ 1,5 milhão de reais em pescado regional. “Durante a feira, o pescador e o piscicultor vendem seu produto direto para o consumidor final, onde a gente consegue reduzir o preço e apresentar um produto de melhor qualidade, já que tiramos o intermediário do processo de compra e venda do peixe”, explica o chefe de Departamento de Negócios Agropecuários e Pesqueiros da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), Tomás Sanches.

O piscicultor de Rio Preto da Eva (a 80 quilômetros de Manaus), Johames Guimarães, produz tambaqui curumim, um peixe de cinco meses e na faixa de 450, 500 gramas. Para ele, a Feira do Pescado é um bom negócio para o mercado. “Eu já participo do feirão há cinco anos. É uma ótima oportunidade para fazer negócio, onde eu mesmo comercializo, mostro o meu produto e a qualidade dele. Eu não tenho atravessador, logo, o preço que ponho no produto é abaixo do mercado. Eu espero que neste ano seja melhor que o ano passado, que já foi muito bom e quando vendemos 1 tonelada e meia de curumim”, lembrou Johames.

Estrutura – Cada feira vai contar com 20 participantes, totalizando 80 expositores de pescado. Toda a estrutura necessária para a realização do evento como tendas, expositores, banheiros químicos, iluminação, climatizadores e outros serviços estão sendo providenciados pela ADS. A Secretaria Executiva de Pesca e Aquicultura (Sepa), juntamente com a Sepror, está responsável pela logística de transporte e armazenamento dos produtos.

A próxima reunião onde serão definidos o layout e a tabela de preços do pescado, está marcada para o dia 20 de março, às 9h, no auditório da Adaf.

Credenciamento – Para participar do Feirão do Pescado Especial Semana Santa, basta se dirigir à sede da Sepror, na avenida Carlos Drummond de Andrade, 1.460, Japiim, zona sul, e apresentar os seguintes documentos: Pessoa Física – Carteira de produtor e Licença Ambiental de Operação da Piscicultura e Pessoa Jurídica – Estar regularizado junto à Adaf com Selo de Inspeção Estadual (SIE) e possuir nota fiscal do produtor garantindo que o pescado foi adquirido no Amazonas.

 

Foto: DJALMA JUNIOR/SEPROR

Compartilhar