Gás Social poderá beneficiar mais de 50 mil pessoas

Gás Social poderá beneficiar mais de 50 mil pessoas

Os engenheiros da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam) apresentaram, na manhã desta terça-feira (14/05), aos moradores do Residencial Viver Melhor 1, localizado no bairro Santa Etelvina, zona norte da capital, o projeto piloto criado para a implantação da rede de gás natural canalizado (GNC), que visa atender à população de baixa renda das duas etapas do Residencial Viver Melhor e de mais cinco conjuntos habitacionais de interesse social em seu entorno.

Na ocasião, estavam presentes a equipe técnica da Arsam e representantes da comunidade, que discutiram sobre a viabilidade econômica do gás natural canalizado e fortaleceram a necessidade de se ter projetos sociais para as famílias do residencial, bem como o apresentado pela agência.

De acordo com o chefe de Departamento de Recursos Energéticos da Arsam, José Sélvio Picanço, o projeto demostra economia para os futuros moradores beneficiados pela implantação do gás natural, pois, em estudos feitos pela Arsam, essa economia é em média de 42,50%, comparando ao Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), o armazenado em botijas.

Economia – Para a moradora Renata Silva, o gás natural canalizado será bem vindo e abraçado pela comunidade. “O gás que vai entrar na nossa comunidade irá beneficiar muitas famílias carentes, pois é gratificante usufruir de algo que realmente seja nosso, até por que eu, como proprietária de restaurante, sofro com o valor excessivo cobrado para o gás de botija e vejo o gás natural canalizado como uma esperança de economia” afirmou a moradora.

O projeto derivará da rede de tronco implantada na avenida Torquato Tapajós, que alimenta a termelétrica nas rodovias BR-174 (Manaus-Boa Vista) e AM-010 (Manaus-Itacoatiara).

Atribuições – No Amazonas, a exploração do serviço de gás natural canalizado foi concedida à Cigás, cujo controle acionário também pertence ao Estado, o responsável por fixar as condições para a implantação e exploração desse serviço. É dever da concessionária de gás prestar o serviço adequadamente, seguindo os padrões de qualidade, regularidade, continuidade, eficiência e segurança.

É uma das atribuições da Arsam como órgão fiscalizador e regulador, indicar áreas para expansão ou implantação de serviços de atribuição de gás combustível canalizado, pela Gigás, objetivando o fomento do desenvolvimento industrial ou o benefício social.

FOTOS: DIVULGAÇÃO/ARSAM

Compartilhar