Grupo escoteiro de Manaus realiza atividade com comunitários do bairro Japiim

Grupo escoteiro de Manaus realiza atividade com comunitários do bairro Japiim

O 4° AM Grupo escoteiro Padre Liberman irá realizar no próximo domingo (21), às 8 horas da manhã, uma grande ação com a comunidade do Conjunto Atilho Andreazza no bairro Japiim II zona sul de Manaus. A ação ira contar com a participação de mais de 100 escoteiros, crianças, adolescentes, jovens e adultos (chefes) do Movimento Escoteiro. Entre as atividades estão o plantio de mudas na praça central do conjunto, a limpeza e pintura do meio fio da praça e atividades recreativas para as crianças do bairro. Logo após os jovens irão participar de uma missa de ação de graças em comemoração ao Dia Mundial dos Escoteiros, comemorado no dia 23 de Abril. O movimento escoteiro é hoje a maior ONG de educação não formal do planeta e está presente em 216 países de territórios.
Um movimento para jovens, feito por jovens. Essa é principal engrenagem do Movimento Escoteiro: a vitalidade das crianças, adolescentes e jovens que passam por nossos caminhos e renovam nossas energias, aliada à experiência dos adultos voluntários.

O Escotismo é um movimento educacional que, por meio de atividades variadas e atraentes, incentiva os jovens a assumirem seu próprio desenvolvimento, a se envolverem com a comunidade, formando verdadeiros líderes. Acreditamos que, por meio da proatividade e da preocupação com o próximo e com o meio ambiente, podemos formar jovens engajados em construir um mundo melhor, mais justo e mais fraterno.

É verdadeiramente no grupo escoteiro que o Escotismo acontece. Os jovens são divididos conforme sua faixa etária para que o Programa Educativo possa ser trabalhado em todas as áreas de desenvolvimento (físico, intelectual, social, afetivo, espiritual e de caráter) com base nas características individuais de cada fase. O Programa Educativo ainda se preocupa em estar inserido no cotidiano dos jovens, de acordo com suas necessidades de crescimento e do meio onde os jovens se desenvolvem, se adaptando a diferentes realidades e respeitando sua autonomia.
Apartidário, o Movimento Escoteiro valoriza a participação juvenil em esferas políticas, participando de processos de decisão em Conselhos, Conferências e demais grupos de trabalho. O apoio político não leva em conta partidos, mas o compromisso do parlamentar que se une à União Parlamentar Escoteira do Brasil de atuar de acordo com os princípios e propostas do Escotismo.

Para se juntar ao Movimento Escoteiro como jovem é preciso ter entre 6,5 e 21 anos; a partir daí a atuação se dá como adulto voluntário, sem limite de idade.

Compartilhar