Idam monitora o nascimento de pintainhos em Maués

Idam monitora o nascimento de pintainhos em Maués

Mais uma etapa do programa de geração de renda e produção de proteína de origem animal no segmento da avicultura foi realizada no município de Maués, na primeira quinzena de maio, com o auxílio técnico do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) e apoio da Prefeitura Municipal de Maués, através do secretário municipal de produção rural (Sepror), Luiz Canindé. Nesta etapa, foi monitorado o nascimento de pintainhos (pintos recém-nascidos; filhotes de galinha ainda sem a plumagem).

Visando aumentar a produtividade e produção de ovos e frango no interior, no último mês de março, o governador do Amazonas, Wilson Lima, reinaugurou o Parque Avícola no município de Maués. Administrado pela Prefeitura de Maués, o parque tem como objetivo a produção de pintos de um dia para fornecer aos produtores da agricultura familiar.

Desde fevereiro, equipamentos como incubadora e nascedouro foram instalados no parque com auxílio do técnico do Idam Aglei Maciel. Na ocasião, a prefeitura adquiriu 11 mil ovos férteis de incubatório localizado em Itatiba (SP) para dar andamento ao projeto.

Etapas – Na primeira etapa do nascimento dos pintainhos foram selecionados 300 matrizes que permitirão ao município se tornarem autossuficiente na produção pintos caipiras e, outra parte, composta por 1.650 pintainhos foi doada para produtores rurais selecionados pelos técnicos da Sepror que acompanham o projeto.

Na segunda etapa, nasceram 2.050 pintainhos que permanecerão no galpão pinteiros pelo período de 15 dias, quando serão, novamente, distribuídos aos produtores rurais selecionados.

Na terceira etapa, que inicia nesta quarta-feira (29), a previsão de nascimento é 1.860 pintainhos e, na quarta etapa, com nascimento previsto para o dia 5 de junho, devem nascer 2.025 pintainhos que também serão doados para produtores rurais da região. Com um total de pintos previstos a serem distribuídos pelo município de 7.585.

O técnico do Idam Aglei Maciel explicou que foi preparado o galpão para o recebimento dos pintainhos. Em seguida, a equipe técnica foi preparada para a retirada dos pintos do nascedouro, os pintainhos foram selecionados e contados e, por último, foi feito o acondicionamento com alimentação, água e aquecimento.

Autossuficiência – De acordo com Aglei Maciel, no próximo mês de agosto, o plantel de matrizes selecionadas na primeira etapa passarão a produzir ovos férteis para produção de pintainhos. “Logo, o município será autossuficiente na produção de pintainhos com produção de até cinco mil pintos caipiras por mês que serão distribuídos aos produtores rurais”, disse.

Foto: DIVULGAÇÃO/IDAM

Compartilhar