Mais de 6 mil pessoas já foram capacitação na cultura empreendedora e empregabilidade

Mais de 6 mil pessoas já foram capacitação na cultura empreendedora e empregabilidade

Em um país com mais de 12 milhões de desempregados, fomentar o empreendedorismo, dando às pessoas as ferramentas necessárias para que elas possam planejar, administrar e executar as diversas possibilidades que surgem como fonte de renda, é uma das políticas públicas mais importantes deste século. Com esse foco, a Prefeitura de Manaus, nos dois mandatos da gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto, tem trabalhado intensamente a formação da cultura empreendedora na cidade, por meio de ações próprias e parcerias com entes voltados a esse fim. Nesta quarta-feira, 11/9, a Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi) certificou mais uma turma com de 112 alunos, que se somam às mais de 6 mil pessoas certificadas ao longo deste ano.

“Seis mil pessoas certificadas não é pouca coisa. No Brasil, antes, nós tínhamos uma mentalidade da luta pelo emprego e, hoje, vivemos uma crise de emprego. Mas o Brasil, por meio de algumas prefeituras, alguns poucos governos estaduais e muito de entidades como Sebrae, que é um dos nossos parceiros, começa a pensar em empreendedorismo e em empregabilidade. A Semtepi trabalha a mentalidade empreendedora, mas trabalha também o emprego, ensinando empreendedorismo e dando condições de empregabilidade para quem quer trabalhar”, explicou o prefeito Arthur Neto, durante a solenidade de certificação dos 112 alunos do Empretec.

A certificação foi realizada no auditório do serviço Semef Atende, que fica na avenida Japurá, Centro, com a presença do secretário da Semtepi, Marco Pessoa; do secretário-executivo do Fumipeq, Fabio Castro; a gerente da Unidade de Atendimento e Relacionamento do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e pequenas Empresas (Sebrae-AM), Maria Helena Souza; e o representante do Instituto Rio Negro, Alciderlan Figueiredo.

Ainda durante o evento, o prefeito lembrou que Manaus vem “fazendo o possível” para enfrentar a crise de emprego, tanto por meio de suas políticas públicas de fomento ao empreendedorismo e à empregabilidade, quanto por via direta, com a injeção de grande volume de recursos em obras de infraestrutura urbana, que está movimentando a indústria da construção civil, o comercio de insumos e os serviços. “Somos os maiores geradores de emprego em Manaus, depois da Zona Franca” ressaltou.

As ações de empreendedorismo, geração de emprego e renda já qualificaram mais de 6 mil pessoas só neste ano. “Percebemos que a cidade de Manaus precisava de um incentivo maior na busca de trabalho e emprego, não há vagas para todos e as pessoas precisam sobreviver de uma maneira digna. Então, começamos a trabalhar fortemente com o empreendedorismo, que culmina com essa grande festa de certificação de mais de cem alunos do Empretec, um curso internacional, chancelado pela ONU, e o único órgão autorizado a ministrá-lo é o Sebrae aqui no Brasil e a prefeitura o oferta”, destacou o secretário da Semtepi, Marco Pessoa, lembrando que foram mais de 2 mil inscrições.

Empretec

Parte integrante do projeto Inova Manaus, o Empretec foi ofertado a partir de recursos da secretaria, em uma parceria público-privada com o Sebrae-AM, sendo cem vagas disponibilizadas. Pelo menos 98 participantes foram certificados. O Empretec é uma metodologia da Organização das Nações Unidas (ONU) que busca desenvolver características de comportamento empreendedor e identificar novas oportunidades de negócios.

Projeto Decolar – Consultorias

A segunda parte do projeto Decolar ofereceu consultoria na área alimentícia, atendendo restaurantes, lanchonetes, mercadinhos, açougues e demais estabelecimentos a respeito de gestão de estoque, embalagem de produtos, rotulagem nutricional, adequação a legislação, procedimento operacional padrão e manual de boas práticas de fabricação. Ao todo, 14 empreendedores que receberam a consultoria em seus estabelecimentos foram certificados.

 

Texto – Jacira Oliveira / Semcom e Assessoria Semtepi

Foto – Alex Pazuello / Semcom

Compartilhar