Maratona tecnológica chega ao fim com sugestões de melhorias para área da saúde

Maratona tecnológica chega ao fim com sugestões de melhorias para área da saúde

Chegou ao fim na noite deste domingo, 19/5, a primeira Maratona Hackathon realizada pela Prefeitura de Manaus. A competição, que durou 40 horas, tinha como objetivo buscar soluções tecnológicas para desafios nas áreas da saúde e mobilidade urbana. O grupo campeão “i9” obteve a melhor votação técnica e popular ao apresentar o projeto “Auxil.ia”.

O projeto vencedor, além de oferecer melhorias ao sistema que abastece as farmácias gratuitas do município, ainda sugere que seja oferecida ao cidadão a função de um comando de voz ou texto que indica, por meio de um mapa, em tempo real, em qual Unidade Básica de Saúde (UBS) o medicamento desejado está disponível.

A representante da “i9”, Ana Fernanda Schultz, ficou surpresa com a vitória ao fim da competição. “Nós refizemos nosso projeto desde o início, queríamos algo mais inovador. Ao apresentar a solução para a banca, nos preocupamos em mostrar as melhorias que a Semsa (Secretaria Municipal de Saúde) teria com a nossa ajuda. Quando nos anunciaram como vencedores, não acreditamos. Trabalhamos muito em nosso projeto, mas ainda assim nos surpreendemos com o resultado”, contou.

O Hackathon integrou as ações do programa “Manaus Mais Empreendedora”, coordenado pela Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), em parceria com o Fundo Municipal de Fomento à Micro e Pequena Empresa (Fumipeq) e executado pela Promoção da Excelência do Software Brasileiro.

A competição, que contou, além dos participantes de Manaus, do Acre, Pará, Ceará, Rio Grande do Sul e São Paulo, recebeu 212 inscrições de desenvolvedores de softwares, designers, empreendedores e especialistas. Deste total, apenas 50 foram selecionados e formaram nove equipes com cinco integrantes. Alguns candidatos desistiram da disputa.

Para o secretário da Semtepi, Marco Pessoa, o evento é um marco para o município por ser o primeiro evento de inovação. “A Prefeitura teve a ideia de trazer estes profissionais para pensar em melhorias para a cidade, como nos orientou o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto. Os concorrentes puderam conhecer as necessidades dentro das áreas propostas e pensar em uma solução para os desafios apresentados”, disse Marco.

A secretária municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Conceição Sampaio, participou do evento e frisou a importância de iniciativas como esta. “É uma satisfação sabermos que, por meio da tecnologia, temos a oportunidade de passar por cima desses desafios. É um momento extremamente importante, pois trocamos experiências sobre o serviço público”, afirmou.

O diretor de Tecnologia da Informação da Secretária Municipal de Saúde (Semsa), Mário Torres, foi um dos mentores do evento e auxiliou as equipes que buscavam solução para a área da saúde. “Nós, mentores, orientamos e tiramos dúvidas dos participantes. Tivemos profissionais muito talentosos participando do evento e fizemos o possível para que eles seguissem o caminho correto. O poder público e a sociedade só têm a ganhar com essa parceria”, afirmou.

 

Texto – Wesley Paiva / Semtepi

Fotos – Nathalie Brasil / Semcom

Compartilhar