OELA encerra com chave de ouro as atividades esportivas do ano com o Festival de Esporte Coletivo

OELA encerra com chave de ouro as atividades esportivas do ano com o Festival de Esporte Coletivo

Duzentos e setenta crianças, adolescentes e seus familiares participaram, nesta sexta-feira, 6, de uma manhã de diversão com o encerramento das atividades do ano do projeto Esporte Educacional e Sustentabilidade (EES), desenvolvido pela Oficina Escola de Lutheria da Amazônia (OELA) com o Festival de Esporte Educacional, na quadra da Escola Municipal Vida Nova, localizada no bairro Mauazinho, zona Leste de Manaus.

Crianças e adolescentes encheram a quadra poliesportiva da escola, tendo como torcedores e incentivadores os pais ou responsáveis nas atividades de taekwondo, tênis de mesa, esportes coletivos (futsal e queimada) e circuitos.

Antes de iniciar as atividades esportivas, três alunos do curso de Lutheria da OELA fizeram uma participação especial tocando violão, violino e cajon, com temática de série, música popular amazonense e musica nacional.

O projeto EES tem patrocínio da Petrobras, por meio do programa Petrobras Socioambiental e atende as crianças, jovens e adolescentes que vivem em situação de vulnerabilidade social na área do entorno da Petrobras, como os bairros Mauazinho I e II, Vila da Felicidade, Parque Mauá e Jardim Mauá.

A serviços gerais Thaise Nascimento da Silva, 28, foi prestigiar a filha Ana Beatriz Silva de Souza, 10, que faz parte do projeto de Esportes Coletivos. Ana Beatriz participa do projeto desde o início do ano e, segundo a mãe dela, houve uma melhora significativa dela em casa e na convivência com outros jovens.

“Ela era bem tímida e hoje ela está mais esperta”, confessou Thaise ao ressaltar que a filha estuda na Escola Municipal Poeta João Cabral de Melo Neto, no bairro Mauazinho, e faz o 4º ano do Ensino Fundamental.

“Ela não gosta de faltar ao projeto. Toda terça e quinta ela está cedo, antes da hora”, enfatizou.

O Festival de Esporte Educacional é um evento que a OELA realiza para comemorar o sucesso das atividades do projeto EES desenvolvido ao longo do ano, graças ao patrocinador e apoiadores do projeto, conforme destaca a coordenadora do projeto EES, Katiussia Souza.

“Hoje é um dia de celebrar, mais uma vez. O projeto todo sempre tivemos eventos e festivais para celebrar e trazer a família e a comunidade. Esse não foi diferente. Pudemos mostrar às famílias, apoiadores e amigos do projeto um pouco das atividades esportivas que são desenvolvidas por nossos educadores”, destacou Katiussia ao frisar que todos profissionais são qualificados e formados em Educação Física, na metodologia do esporte educacional para desenvolver atividades que contribuam na formação integral de cada participante.

Tiveram contribuição importante da execução do Festival de Esporte Educacional os gestores e funcionários das escolas municipais Anísio Teixeira, Nova Vida, Poeta João Cabral de Melo Neto, Vila da Felicidade e Ana Maria, bem como mestres da academia Pinheiro, Escola Bela Vista (Iranduba), academia Lira (mestre Reginaldo), Centro de Convivência da Cidade Nova, com a equipe Aragão, que enviaram professores e alunos para dar apoio ao Festival de Esporte Educacional.

A doméstica Lucilene Lopes Dias, 61, foi prestigiar a filha, Glauciglenda Nascimento Dias, 9, e não perdeu um momento da apresentação da filha, filmando tudo no celular. Com um mês participado do projeto de Taekwondo, com o educador Junio Reis, Lucilele ressalta que a filha fez uma boa apresentação. “Achei que ela foi ótima, gostei muito do resultado”, comemorou.

Os educadores Kaíque Pinho e Everton Bacury comandaram as atividades de esportes coletivos, com os jogos de futsal, queimada e tênis de mesa.

“Estamos felizes por encerrar esse ano com chave de ouro nesse Festival de Esporte Educacional e na expectativa de realizar a Colônia de Férias, em janeiro de 2020, com uma participação massiva da comunidade”, finalizou Katiussia.

Compartilhar