Prefeitura lança cartilhas para aproximar homens dos serviços de saúde

Prefeitura lança cartilhas para aproximar homens dos serviços de saúde

A Prefeitura de Manaus vai lançar os guias “Pré-Natal do Parceiro” e “Saúde do Homem” visando aproximar a clientela masculina da atenção primária em saúde realizada pelo município e reduzir o índice dos homens que não procuram os serviços de prevenção.

Antecedendo o lançamento, a Secretaria Municipal de Saúde em parceria Secretaria Estadual de Saúde (Susam) e a Coordenação Nacional de Saúde dos Homens do Ministério da Saúde (CNS) vai realizar uma oficina volta aos Agentes Comunitários de Saúde, em uma ação de qualificação dos profissionais para que desenvolvam as estratégias para alcançar o objetivo.

O evento será na Escola do Legislativo, na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas no dia 07 de abril, das 8h às 17h, para profissionais de saúde da Atenção Primária.
“Os homens, de modo geral, evitam exames e rotinas de prevenção, o que traz como consequência o agravamento de sua condição de saúde”, explica o secretário municipal de saúde, Homero de Miranda Leão Neto.

De acordo com o secretário, as unidades básicas estão prontas para atender os casos mais simples e identificar precocemente doenças, orientando sobre tratamentos e condutas preventivas. “Nossa meta é que a totalidade dos homens possa reconhecer na atenção básica de saúde, a porta de entrada para prevenir doenças e o agravamento das mesmas”.

Também é meta da secretaria aumentar a quantidade de homens que acompanha as mulheres nas consultas e exames de pré-natal. Por isso, ressalta Homero, o Guia de Estratégia Pré-Natal do Parceiro é uma ferramenta que pretende envolver de forma consciente e ativa os homens adolescentes, jovens adultos e idosos em todas as ações voltadas ao planejamento reprodutivo e, ao mesmo tempo, contribuir para a ampliação e a melhoria do acesso e acolhimento desta população aos serviços de saúde, com enfoque na Atenção Básica.

“Historicamente, tanto o planejamento reprodutivo quanto as ações em saúde voltadas ao momento da gestação, parto e puerpério foram pensadas e direcionadas às mulheres e às gestantes”, explica o secretário. No entanto, segundo ele, um movimento crescente observado no Brasil, e em vários outros países, tem defendido que os homens podem e devem ser envolvidos integralmente em tudo o que diz respeito à tomada de decisão reprodutiva, desde a escolha de ser pai à participação solidária na gestação, no parto e no cuidado e na educação das crianças.

“A proposta de gerar o envolvimento consciente dos homens – independente de ser pai biológico ou não – em todas as etapas do planejamento reprodutivo e da gestação pode ser determinante para a criação e fortalecimento de vínculos afetivos saudáveis entre eles e suas parceiras e filhos”, destaca Homero.

Segundo a chefe do núcleo de saúde do homem, Maria Eliny Rocha, as diretrizes do Guia não são positivas apenas para as crianças e mulheres, mas especialmente para os homens, por aproximá-los definitivamente da arena do afeto e do cuidado. “O Pré-Natal do Parceiro propõe-se a ser uma das principais ‘portas de entrada’ aos serviços ofertados pela Atenção Básica em saúde a esta população, ao enfatizar ações orientadas à prevenção, à promoção, ao autocuidado e à adoção de estilos de vida mais saudáveis”, declarou Maria Eliny.

A programação da Oficina contará com a apresentação da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem (PNAISH) e dos cinco eixos considerados prioritários: acesso e acolhimento, saúde sexual e reprodutiva, paternidade e cuidado, prevenção de violências e acidentes, e as doenças prevalentes na população masculina, valorizando e respeitando as diversidades regionais.

Com informações da assessoria
Foto: Divulgação

Compartilhar