Prefeitura realiza evento em alusão à Semana da Síndrome de Down

Prefeitura realiza evento em alusão à Semana da Síndrome de Down

A Prefeitura de Manaus promoveu nesta sexta-feira, 22/03, um evento em alusão à VII Semana de Integração da Síndrome de Down. A ação ocorreu na sede da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), localizada na avenida Perimetral, nº 205, bairro Parque 10 de Novembro.

Atividades esportivas, apresentações culturais, danças e muita animação, não faltaram no evento idealizado pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), em parceria com o Fundo Manaus Solidária.

De acordo com a secretária da Semasc, Conceição Sampaio, a Prefeitura de Manaus está desenvolvendo a implantação de novos projetos, ainda este ano, para Pessoa com Deficiência. “O prefeito Arthur Virgílio Neto tem uma atenção especial para as pessoas com deficiência. É uma determinação dele garantir diretos que facilitem a vida desse público”, disse.

Estiveram presentes no evento de integração a Associação de Pais e Amigos do Down no Amazonas (Apadam),  Associação Síndrome de Down de Manaus (ADMAM), Associação de Crianças Deficientes Mentais e Físicas de Manaus (Ademe),  Associação de Apoio as Pessoas com Necessidades  Especiais (AAPPME), Associação de Pais e Amigos  dos Excepcionais (Apae),  Abrigo Moacyr Alves, Associação Pestalozzi do Amazonas, Escola Municipal de Educação Especial André Vidal de Araújo e Escola Estadual Diofanto Monteiro.

“O preconceito existe! E a população tem que entender que não é uma doença, nós temos casos de crianças que chegam a ser expulsas dos ônibus. Estamos aqui hoje, em parceria com a Prefeitura de Manaus e entidades, buscando reverter esse tipo de situação”, destacou o presidente da Apae, Elias Pugliese.

A adolescente Larissa, 16, que estava cursando o 7º ano, não conseguia acompanhar a sequência de estudos proporcionada, mas, após participar de uma das instituições que desenvolvem trabalhos com as pessoas com a Síndrome de Down, começou a se desenvolver e conseguiu se matricular em uma escola municipal.

“Ela estava passando de série sem ter condições de aprendizado, pois não era alfabetizada. Eu acordei para isso, e percebi que minha filha precisava voltar ao início da alfabetização.  Hoje, ela está tendo conquistas e muitos avanços. O recado que dou para os pais é que corram pelos direitos dos seus filhos. A população deve entender que ser diferente é normal”, disse a mãe de Larissa Freitas.

Segundo a vice-presidente do Fundo Manaus Solidária, Mônica Santaella, o edital de fomento lançado ano passado por meio do fundo, tem um eixo voltado para o trabalho de pessoas com deficiência, incluindo as instituições participantes.

“Dentro da própria família existe o preconceito, as pessoas ficam reclusas com seus filhos, e a preocupação da presidente do Fundo Manaus Solidária, Elizabeth Valeiko, é de fortalecer essas parcerias, para que as instituições atuem nas lacunas, onde o poder público não consegue chegar, efetivando a inclusão das pessoas com a Síndrome de Down”, afirmou.

Edital de Fomento

O resultado do edital de fomento do Fundo Manaus Solidária, divulgado na edição nº 4.493 do diário oficial do Município (DOM), no dia 06/12/2018, beneficia 35 organizações da Sociedade Civil (OSCs), com recursos para aplicação em projetos de benefício a população de Manaus.

O edital foi dividido em eixos de atuação. O trabalho de inclusão social de pessoas com deficiência está incluso no Eixo VI, de projetos sociais voltados à inclusão social de pessoas com deficiência, de qualquer natureza.

Texto: Jordana Santos / Semasc

Foto: Alex Pazuello/ Semcom

Compartilhar