Professora de Turismo da UEA é finalista em premiação do MTur

Professora de Turismo da UEA é finalista em premiação do MTur

A votação popular para a escolha dos profissionais concorrentes ao Prêmio Nacional do Turismo ocorrerá de 9 a 29 de novembro deste ano.

A professora e coordenadora do Observatório do Turismo da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Selma Paula Maciel Batista, é finalista na categoria ‘Academia’ do Prêmio Nacional de Turismo, do Ministério do Turismo (MTur). Selma concorre com mais quatro professores, além de ser a única mulher e representante da Região Norte na categoria.

A votação popular ocorre até o dia 29 de novembro por meio do link abaixo:
http://www.turismo.gov.br/component/content/article.html?id=12112

Para Selma, ser indicada a premiação mostra o empenho e a dedicação para consolidar o Observatório do Turismo, do curso de Turismo da UEA, no Amazonas, com ensino, pesquisa e extensão de forma integrada.

“Estamos com uma equipe de pesquisadores, alunos do curso de turismo da UEA e parceiros institucionais, desde 2016, trabalhando no levantamento de dados e informações para compor  um banco de dados de acesso gratuito sobre o turismo na região”, explicou.

A previsão é do portal, em Plataforma Web, estar disponível em 2019 com a oferta de uma gama de informações que auxilie alunos e profissionais.

“Espero que os indicadores sejam utilizado pelos  órgãos públicos na formulação de políticas públicas para a promoção e o desenvolvimento da atividade do turismo que definiu como a mola propulsora da economia e da valorização para a conservação da diversidade do patrimônio natural e cultural”, destacou.

Selma, junto a startup Map Innovation é idealizadora do piloto ‘Roteiro Inclusivo no Bosque da Ciência/INPA’ para a pessoa surda, com uso do aplicativo Giulia Mãos que Falam. Projeto que desenvolve ao nível de pesquisa de iniciação científica, com o aluno Thiago Pereira de Souza.

Selma Batista – É Doutora em Geografia Humana, pela Universidade de São Paulo (USP). Formou-se em geografia licenciatura plena, pela Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho. Em 2018, assumiu a coordenação local do Doutorado Interinstitucional em Turismo e Hotelaria (DINTER) UEA/UNIVALI. Na mesma instituição coordenou, em 2009, o curso de Especialização em Turismo e Desenvolvimento Local e, em 2014, o Curso de Bacharelado em Turismo. Participa como membro do Conselho Editorial da Revista Brasileira de Gestão Urbana/PUC/PR, Revista Turismo Contemporâneo/UFRN/RN e Revista Turismo: Visão e Ação/UNIVALI/SC é membro titular do Conselho Deliberativo da Área de Proteção Ambiental Adolpho Ducke.

Sobre o prêmio – O Prêmio Nacional do Turismo 2018 tem por objetivo identificar, reconhecer, premiar e disseminar iniciativas, práticas inovadoras e casos de sucesso relacionados aos setores público e privado e ao terceiro setor do turismo brasileiro. Além de projetos, serão condecorados também profissionais que tenham atuado de maneira criativa, inovadora e proativa em prol do desenvolvimento do turismo no país. A cerimônia de divulgação dos vencedores será realizada em dezembro, no Rio de Janeiro.

O prêmio é dividido em sete categorias: Monitoramento e Avaliação do Turismo; Qualificação e Formalização no Turismo; Valorização do Patrimônio pelo Turismo; Turismo de Base Local e Produção Associada ao Turismo; Turismo Social; Inovação Tecnológica no Turismo; Marketing e Apoio à Comercialização do Turismo.

No dia 28 de novembro serão conhecidos os finalistas nas sete categorias de iniciativas inovadoras. A cerimônia de premiação para as duas modalidades do prêmio, iniciativas/projetos e profissionais, está prevista para o dia 5 de dezembro.

*Com informações do Ministério do Turismo

Compartilhar